Melhorias realizadas nos tempos do intendente Dr. Francisquinho

Nesta edição vamos recordar melhoramentos realizados na Pindamonhangaba do início do século XX. Naquele tempo o intendente (cargo que equivalia ao de prefeito) também presidia a Câmara vigente. Havia sido eleito para a gestão 1899-1904, o Dr. Francisco Romeiro,médico formado pela Escola de Medicina do Rio de Janeiro. Trabalhador incansável pela população, em especial durante … Ler maisMelhorias realizadas nos tempos do intendente Dr. Francisquinho

Lembranças Literárias

Soneto Nascer caboclo. Ter uma choupana entre mortais, à margem de um ribeiro; uma faca legítima “lapeana”, boa viola, bom fumo e bom isqueiro. Por companheira ter uma serrana que de amor me falasse o dia inteiro; exilado viver da gente humana, nos cafundós do solo brasileiro. Com uma espingarda boa – das “troxadas” veloz … Ler maisLembranças Literárias

Lendas e causos da Pinda antiga

Com a prudência e o rigor necessários para que nossa “ajeitada textual e literária” não interferisse nem omitisse nada do conteúdo original dos escritos, nesta edição recordaremos dois inesquecíveis colaboradores do jornal Tribuna do Norte até o início de 1990. (Obs.: As figuras que acompanham os textos desta página têm a simples finalidade de ilustrar). … Ler maisLendas e causos da Pinda antiga

Proibido jogar peteca na praça

Nesta edição continuamos com recordações referentes à praça Monsenhor Marcondes. Localizado no centro histórico de Pindamonhangaba, esse logradouro público recebeu a popular denominação de praça, largo ou jardim da Cascata a partir de 1908. Na época, o prefeito, era o Benjamin Pinheiro, teve a iniciativa de tornar o local mais atraente. Para isso, contratou os … Ler maisProibido jogar peteca na praça

“História de Pindamonhangaba – Resenha para Iniciantes”

A página de história de hoje tem seu espaço dedicado a apresentar aos leitores mais uma obra dedicada a enriquecer o acervo literário referente à história de Pindamonhangaba. Cidade que possui extraordinária riqueza de fatos e feitos históricos, cujo alcance ultrapassam fronteiras, percorrem a Pátria e além, revelando ser essa “cidade princesa”, mãe de filhos … Ler mais“História de Pindamonhangaba – Resenha para Iniciantes”

O histórico presépio de Zé Santeiro

A página de história de hoje, alusiva às festividades do Natal, homenageia o inesquecível artesão maior de Pindamonhangaba: José Soares Ferreira, Zé Santeiro, o querido artista ‘Zé Santeiro’, que encerrou sua missão terrena no início de julho deste ano. Do muito que as abençoadas mãos desse artista, que também foi servidor municipal, moldou, esculpiu, criou, … Ler maisO histórico presépio de Zé Santeiro