MULHERES DAS LETRAS

No Dia Internacional da Mulher e no ano em que a Academia Pindamonhangabense de Letras celebra seu sexagésimo aniversário, 2022, “Nossa Terra, Nossa Gente” faz um tributo às acadêmicas que escreveram e as que escrevem a história da nossa Academia. Exalto o magistral empenho da escritora, poeta e advogada Hilda César Marcondes da Silva (1910 … Ler maisMULHERES DAS LETRAS

MÚSICA E MUSICISTAS: O LIVRO INÉDITO DE ATHAYDE MARCONDES

Na Pindamonhangaba de 1922, Athayde Marcondes (1863 – 1924) finalizou uma vasta pesquisa em dicionários, livros, jornais, artigos de revistas nacionais e internacionais para compor“Música e Musicistas – Histórico da Música do ano 37 da Era Cristã até 1922”. O célebre historiador intencionava publicar o manuscrito de 788 páginas no Centenário da Independência do Brasil, … Ler maisMÚSICA E MUSICISTAS: O LIVRO INÉDITO DE ATHAYDE MARCONDES

MEDALHA DO MÉRITO ATHAYDE MARCONDES

Ao pesquisar as obras de Athayde Marcondes (1863 – 1924), de modo especial o célebre “Pindamonhangaba Atravéz de Dois e Meio Séculos”, encontrei no historiador-mor da Princesa do Norte uma personalidade envolvida por um sentimento profundo de respeito e carinho pela terra que chamou de “berço perfumado de meus amores e terra querida de meus … Ler maisMEDALHA DO MÉRITO ATHAYDE MARCONDES

O SINGULAR ATHAYDE MARCONDES, FIGURA PLURAL NO CENÁRIO HISTÓRICO DA PRINCESA DO NORTE

Uma das figuras mais notáveis da história de Pindamonhangaba é, sem dúvida, José Athayde Marcondes (1863 – 1924),autor do compêndio de 601 páginas“Pindamonhangaba Atravéz de Dois e Meio Séculos”,emque registra apontamentos históricos, geográficos, genealógicos, biográficos, cronológicos, bibliográficos, estatísticos e noticiososda Princesa do Norteno períodode 1672 a 1922. Esse panteãovivo de Pindamonhangabafoi dedicadoà “memória do fundador … Ler maisO SINGULAR ATHAYDE MARCONDES, FIGURA PLURAL NO CENÁRIO HISTÓRICO DA PRINCESA DO NORTE

“TAR E QUAR” A RUA DO MEU IRMÃO

A Rua José Benedito Salgado, no centro de Pindamonhangaba, foi o primeiro endereço da Princesa do Norte a que eu tive acesso. Nela residiam os pais do meu melhor amigo de faculdade, Elydio dos Santos Neto. Éramos colegas na Faculdade Salesiana de Lorena e, para continuarmos a prosa sobre os livros de Teilhard de Chardin que líamos avidamente, … Ler mais“TAR E QUAR” A RUA DO MEU IRMÃO

Maria Norma Salgado Marcondes: Eternidades da decana da Academia Pindamonhangabense de Letras

Está grafado no túmulo de Marcel Duchamp, o instigante epitáfio: “Afinal, são sempre os outros que morrem”. Um artista morre? Um poeta morre? Um trovador morre? Creio que não. Estão vivos Aleijadinho, Villa-Lobos, Drummond, Luiz Otávio (O Príncipe das Trovas) e tantos outros escultores, músicos, escritores, poetas, trovadores que transpassaram a órbita da existência terrena … Ler maisMaria Norma Salgado Marcondes: Eternidades da decana da Academia Pindamonhangabense de Letras

O CORETO DO BOSQUE DA PRINCESA

Esta minha estrutura de ferro fundido, coberta de telhas francesas e suspensa do chão guarda lembranças de um tempo em que vivi na praça Monsenhor Marcondes e, sem dúvida, era o cenário preferido do mundo de faz-de-conta das crianças, das juras de amor dos namorados, das lembranças de muitos homens e mulheres não tão jovens … Ler maisO CORETO DO BOSQUE DA PRINCESA

SÔNIA VELOSO, A ESTRELA DA FESTA!

A avó do Augusto, quando era uma menininha de três anos, veio morar com seus avós, no bairro do Brejão, em Pindamonhangaba. Filha da professora Cidinha Euzébio e de Roberto Veloso, Sônia dividiu a infância vivida na roça com o irmão Duda. Ao completar 13 anos, nasceu a irmã caçula, Fernanda. Menina criada de pé … Ler maisSÔNIA VELOSO, A ESTRELA DA FESTA!

LAÉRCIO AVANÇO E SEUS “CÃOPANHEIROS”

Avistei o sr. Laércio e seus ‘cãopanheiros’ na praça da Cascata, durante o Pinda em Cena 2016. Assim como eu, muitas pessoas que prestigiavam o evento ficaram encantadas com aqueles três cachorrinhos ‘salsicha’ trajados de modo muito criativo – chapeuzinho de palha, óculos escuros e roupa pet -, sentadinhos numa almofada, especialmente adaptada à cestinha … Ler maisLAÉRCIO AVANÇO E SEUS “CÃOPANHEIROS”