Proseando

MEIAS-ENTRADAS

Barbeou-se demoradamente, contemplando-se todos os ângulos, ensaiando olhares e sorrisos. Escovou os dentes e aspirou o hálito. Desnudou-se e se demorou no banho. Depois, enxugou-se e derramou perfume importado em locais estratégicos. Alinhou fios dourados. Cofiou o bigode. Vestiu-se com ...

Leia Mais »

FINAL DE CAMPEONATO

Televisor ligado. Sobre a mesinha de centro da sala, cerveja estupidamente gelada acompanhava porção de linguiça calabresa acebolada. Preparou tudo meia hora antes, depois do banho. Vestiu-se como se também fosse entrar em campo. Até chuteira calçou. Vestiu o “manto ...

Leia Mais »

CINCO CENTAVOS

- Não estou suportando mais olhar pra cara de sua mãe. Ela vive me comparando com seu antigo namorado: “Fernandinho tem duas BMW. Você, só um caco velho!”. “Fernandinho é homem fino. Você, não fecha a boca enquanto come”. “Fernandinho ...

Leia Mais »

UM AMOR DE SOGRA

O metalúrgico cumprira mais um expediente naquela madrugada.Chegara triturado, moído qual carne de segunda em plena sexta-feira, desmoronando-se no sofá da sala. A energia que lhe restara, usara para alforriar os dedos espremidos das botas desconfortantes e esparramar-se no leito. ...

Leia Mais »

UNIDOS PELA MORTE

Tímido ao extremo, depois de protelar por meses, finalmente resolveu confessar o amor que nutria pela moça da loja no shopping. Para isso, passara madrugadas elaborando a abordagem, a fim de que o momento fosse inesquecível. Decidira que compraria flores ...

Leia Mais »

LIVROS, UM TESOURO INCALCULÁVEL

Não se intimidava com o número de páginas. Quantas mais, melhor. Devorava-os em qualquer local: filas, ônibus, durante as refeições, antes de dormir. Chegou a ler algumas vezes debaixo do chuveiro, sob guarda-chuva. Mas desistiu depois que um livro lhe ...

Leia Mais »

UM NAMORADO PARA A MANICURE

Girar a chave para abrir a porta do estabelecimento produzia um som que a fazia suspirar. Só ela sabia do sacrifício que fizera ao economizar cada centavo para realizar o sonho que a tirou da espremida sala de sua minúscula ...

Leia Mais »

FALTOU O RECHEIO

Naquele 24 de junho de frio glacial fui convidado para uma festa junina na roça, região da Serra da Mantiqueira. Gosto das festas juninas com barraquinhas onde vendem arroz doce, bolo de milho, pé-de-moleque, quentão e tantas outras. Gosto daquelas que ...

Leia Mais »

O PERIGO DAS ROLHAS

O publicitário passou a madrugada ensaiando. Não podia cometer erros. Era o primeiro desafio desde que deixara a agência Spelunka. Embora fosse concorrer com três das maiores agências de publicidade do país, estava confiante. A avaliação seria à tarde, no ...

Leia Mais »

MADAME FILÓ

O ritual se repetia em todas as manhãs. Antes de ir para o escritório o marido fingia beijos carinhosos e ela acreditava. Depois dos beijos ele fechava a porta e ela ia espiá-lo pelas frestas da persiana. Precisava ter certeza ...

Leia Mais »

PASTEL DE CARNE

Ele era um vigilante sanitário incorruptível, temido por aqueles que tentavam burlar a lei. Por isso, colecionava ameaças, mas em momento algum amansava a caneta. Seus dias eram compridos, penosos, estafantes. Somente removia o estresse quando chegava em casa e ...

Leia Mais »

TIQUINHO DE NADA

O fato aconteceu durante as férias, em um verão longínquo. Um amigo me convidou para irmos ao litoral flertar lindas mulheres. Recusei, dizendo que não tinha um real no bolso, que ficaria para outra oportunidade. Ele me convenceu dizendo que ...

Leia Mais »
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste