Após empate contra Gama, Santos se prepara para enfrentar Vitória

No primeiro desafio sem o trio olímpico Gabriel, Zeca e Thiago Maia, e com Ricardo Oliveira e Renato poupados, o Santos ficou no empate sem gols com o Gama na quarta-feira (20). O duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil foi disputado no Estádio Bezerrão, na cidade de Gama (DF). No jogo de volta, o Peixe precisará quebrar o tabu de nunca ter vencido o time do Distrito Federal na história do confronto para ir às oitavas de final.
O segundo desafio acontece na próxima quarta-feira (27), às 21h45, na Vila Belmiro. Será o sexto duelo entre Santos e Gama na história dos dois times. Nos outros cinco encontros – contando o jogo desta quarta-feira, foram quatro empates e uma derrota. No entanto, será a primeira partida contra os brasilienses na Vila Belmiro e fora do Distrito Federal.
“Pecamos nas finalizações e nosso time foi um pouco abaixo. Nós sabemos disso. Os desfalques fizeram falta, mas não podemos ficar lamentando. Temos que jogar melhor do que jogamos hoje”, disse o meia Lucas Lima.
Mas antes da partida decisiva, o time de Dorival Júnior tem o Vitória (BA) pela frente no domingo (24). O desafio válido pela 16ª rodada do Brasileirão será disputado no Barradão, em Salvador (BA), a partir das 18h30.

Nada de gols no Distrito Federal

Mesmo sem cinco titulares em relação à vitória sobre a Ponte Preta, no sábado (16), pelo Brasileirão, o Santos FC foi ao Distrito Federal disposto a conseguir a primeira vitória na história dos confrontos diante do Gama.
No primeiro tempo, o jogo foi truncado e de poucas oportunidades. O clube só chegou bem aos 22 minutos. Após boa jogada, Léo Cittadini limpou a marcação na entrada da área e rolou para Rodrigão, que bateu cruzado para fora.
Já na volta do segundo tempo, o Peixe deu pinta de que abriria o placar. Com 49 segundos de jogo, Copete recebeu na área, cortou um marcador e rolou para Vitor Bueno, que ajeitou para Léo Cittadini. Com o goleiro Adilson Maringá fora da meta, o camisa 27 chegou batendo rasteiro, mas Pedrão afastou.
O Peixe teve outra ótima chance na pequena área, aos 22. Do campo de defesa, Gustavo Henrique lançou Lucas Lima pelo alto. O camisa 20 arrancou na frente da defesa do Gama, fez ótimo domínio e chutou em cima de Adilson Maringá.
Em seguida, Dorival Júnior tentou dar novo gás ao ataque santista, com as entradas de Paulinho no lugar de Vitor Bueno, Joel na posição de Rodrigão e Vecchio na vaga de Léo Cittadini. Mas com o Gama fechado e explorando o contra-ataque, o Peixe não conseguiu alterar o marcador no Bezerrão.
Para ir às oitavas de final, o Santos FC terá que vencer o Gama na Vila Belmiro. Uma nova igualdade em 0 a 0, leva a decisão para os pênaltis. Qualquer outro empate ou derrota dá a vaga para o time do Distrito Federal.

  • Treinador tem problemas para escalar o time
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste