Arco Íris e Nova Esperança têm Associação de Moradores oficializada

Depois de quase três anos de trabalho, o agora presidente da associação de moradores dos bairros Arco Iris e Nova Esperança, Miguel Jacob, conseguiu a regularização. A chapa foi montada quando moradores foram atrás de Jacob, que já é liderança dos bairros há quase 20 anos, e sugeriram a criação.
Como é conhecido dos residentes, a aprovação foi unânime e, com isso, foi resolver toda a parte burocrática do processo.
Em meio a entregas de documentação, editais e reuniões com a comunidade, dia 19 de outubro, o Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas sob o documento de n° 1513 emitiu o CNPJ e agora a Associação de Moradores e Amigos dos bairros Arco Iris e Nova Esperança pode dar prosseguimento às atividades.
De acordo com Jacob, um dos principais projetos é a manutenção e a abertura do centro comunitário para uso dos moradores. Como a parte de cuidado com o local é toda de responsabilidade da associação, haverá a cobrança de uma taxa simbólica ou doação de materiais para o cuidado do mesmo. “Vamos em busca de aulas para serem oferecidas à comunidade, cursos, tudo que pudermos para melhorar para eles”, explica. Para ele, a regularização tem uma importância muito grande. “Agora podemos continuar a lutar pelas melhorias necessárias e todos passam a ter mais direitos e voz para os problemas que enfrentam”, disse o presidente.

  • Miguel Jacob é presidente da Associação de Moradores dos bairros Arco Íris e Nova Esperança
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste