Conseg debate fechamento do “túnel molhado”

Em reunião realizada na noite da última terça-feira (6), o Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG) de Pindamonhangaba manifestou preocupação quanto à segurança dos munícipes que passam sobre o túnel da Rodovia Presidente Dutra entre os bairros das Campinas e Vitória Park, popularmente conhecido como “Túnel Molhado”.
O Conselho já havia debatido em novembro do ano passado a necessidade de providências para o local, apontado como palco de ações de assaltantes que praticam roubos e até latrocínios, como o ocorrido em 4 de novembro de 2017, quando o empresário Edison Duarte Junior foi assassinado ao ser abordado por duas pessoas que estavam em campana, próximo ao túnel.
“Passaram-se quatro meses e a situação permanece da mesma forma, tornando esse acesso como armadilha. Novamente, infratores agiram na noite de segunda-feira (5), quando uma mulher foi vítima de nova tentativa de latrocínio”, afirmou o presidente do Conseg, Alexandre Pió.
A reunião contou com a presença de diversos representantes da sociedade, entidades, Igreja, Exército Brasileiro, Associações de Moradores de bairro, ACIP, OAB, Câmara de Vereadores e das autoridades policiais como a Comandante da PM Capitã Lucimeire Jerônymo e do Delegado Titular Dr. Vicente Lagioto.

  • A reunião contou com a presença de diversos representantes da sociedade e de entidades
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste