Construindo Cidadania: Falar de voluntariado

É o que tenho feito aqui e em outros veículos de comunicação e aproveito para enaltecer estes veículos, pois não é comum a mídia de forma geral dar atenção e muito menos espaço para se falar de voluntariado, responsabilidade social e organizações sociais de forma não noticiosa, o que é mais comum.
Escrevo e falo de voluntariado de forma simples, para que este assunto possa ser discutido e falado em qualquer momento, em qualquer lugar, de forma corriqueira, da mesma forma que conversamos de outros assuntos, futebol, carros, novela, passeios, etc.
Falar de voluntariado pode ser tão agradável quanto qualquer outro assunto, pois o voluntariado é aprendizado, aventura, amizades, conhecimento. Falar de voluntariado, tem que ser corriqueiro, pois o Brasil aparece na pesquisa Word Giving Index 2017 na posição de número 75 quando se trata de percentual da população engajada em trabalhos voluntários, em torno de 20%, na pesquisa feita em 139 países, ficamos em quinto lugar em números absolutos, pois nossa população é muito grande, isso demonstra que falamos pouco sobre o assunto, pois ainda tem pouca gente praticando e acredito que somente teremos uma sociedade mais justa, mais preocupada com o mundo quando tivermos um numero muito maior de pessoa praticando efetivamente o trabalho voluntário e dando exemplo para as novas gerações para que cresçam diferentes da minha geração da década de 60, onde fomos aprender a importância e o quanto posso ganhar com o trabalho voluntário, depois de mais velho.
Esta sob nossa responsabilidade tornar isso realidade, eu venho fazendo minha parte e tentando escrever para o maior número de veículos da mídia possível, espero que de forma simples e fazendo com que se interesse pelo tema, não necessariamente para ser um trabalhador voluntário, mas pelo menos quando ouvir algo sobre o assunto não lhe pareça tão estranho assim.
Quero muito falar e escrever muito mais para mostrar a importância e de quanto essa ferramenta de desenvolvimento pode ser fundamental para mudarmos ou transformarmos nossa sociedade para muito melhor, podendo ser esta ferramenta a responsável por um modo de vida mais próximo de outros seres humanos, nossos semelhantes que temos nos afastado por medo, receio e desconfiança.
Se tiver alguma sugestão para que eu escreva, pode entrar em contato com o jornal para sugerir ou comentar, será um grande prazer ler sua mensagem. #acreditandosemprenomelhor.

 

-Roberto Ravagnani 

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste