Defesa Civil passa a fazer parte da Secretaria de Segurança Pública

Colaborou com o
texto: Bruna Silva

A Prefeitura de Pindamonhangaba tornou o Departamento de Defesa Civil uma das pastas que integram a Secretaria de Segurança Pública. O objetivo é integrar os dados e fazer com que o cidadão de Pindamonhangaba esteja cada vez mais protegido.
De acordo com a Defesa Civil, atualmente há novas atribuições à pasta: prevenção e gestão de risco. Em casos de prevenção, é papel da instituição promover capacitações da equipe, elaborar simulações junto ao Corpo de Bombeiros, além de definir as áreas de maior risco e aperfeiçoar a legislação local – disciplinar as obras que ocorrem no município para que não ocorram em áreas de risco.
A Defesa Civil pode ser chamada em casos de quedas de barreiras, queda de árvores que não estiverem sob fiação de rede elétrica e também em apoio ao Corpo de Bombeiros em incêndios de mata. O munícipe pode acionar a Defesa pelo 199 até às 22 horas, ou Corpo de Bombeiros 193 que poderá acioná-la.
O Departamento de Defesa Civil está passando por uma fase de reestruturação dentro da sede da Secretaria de Segurança Pública, a fim de fazer com que todo o maquinário, ramal de atendimento e central de operações estejam centralizados na sede. Para o verão, período em que há maior número de ocorrências, o serviço está intensificado com duas turmas nas escalas das 7 às 22 horas para atendimento.
Segundo o diretor de Defesa Civil, o engenheiro civil, Josué Bondioli, a Defesa pode ser acionada em caso de árvores que já caíram ou que apresentem risco iminente, em que pode ser observada por leigos. Nestes casos, a informação deve ser levada até o Departamento de Meio Ambiente, que irá elaborar um laudo e enviar para a Defesa Civil para que execute o serviço.
Ainda no início deste ano, a Defesa Civil de Pindamonhangaba já registra casos de acionamento por queda de árvores que estão sendo contabilizados na “Operação Verão”. “A Defesa Civil iniciou a elaboração da Comdec (Comissão Municipal de Defesa Civil), em que está sendo pensada uma gestão integrada através de cooperação integrada relacionada a atribuição específica de cada secretaria, visando o atendimento humanizado à população através do apoio integrado das áreas sociais, saúde, segurança, logística e serviços municipais”, explica o diretor Josué.

Cuidados para dias de tempestades

Em casos de deslizamentos, ao ouvir barulhos de árvores caindo e paredes rachando, saia da casa, avise os vizinhos e contate os órgãos responsáveis.
Em dias de raios e trovoadas:
– Evite sair de casa;
– Não retire ou coloque roupas em varais de arames;
– Não manipule materiais inflamáveis em locais abertos;
– Não use telefone;
– Não fique embaixo de árvores;
– Em casa, não fique perto de janelas e portas;
– Mantenha distância de estruturas altas e com pontas como árvores e postes;
– Fique longe de cercas de arame, varais de metal, trilhos, linhas telefônicas e de energia elétrica.

  • Defesa Civil pode ser solicitada em caso de quedas de árvores, por exemplo
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste