Lembranças Literárias : Dois corações

Eu tenho duas filhas – dois amores!
para mim, são mui lindas eu bem sei
Sim, adoro muito estas duas flores,
Amo-as demais como jamais amei!

Dentro do peito, sinto mil fervores;
e dentro d’alma o amor que dediquei,
a estas criaturas – dois primores
que feliz nos meus braços embalei!

Consegui de Jesus esta ventura;
de ser destas mimosas borboletas,
Sim, o pai estremecido; o pai que jura,

sentir no peito estranhas pulsações!
Existe um só no peito dos poetas,
e eu sinto ter, dois lindos corações!

Ernani Silva Vianna,
Tribuna do Norte,
18 de janeiro de 1970

banner_acessoainformacoes
banner_portaldatransparencia
banner-prefeitura
banner-fundacao
banner-anuncie-aqui
banner-facebook
Desenvolvido por CMC Multimídia
Font Resize
Modo Contraste