Editorial : “Domingo é “Dia dos Pais”

Como todas as datas comemorativas têm sua origem, diz-se que o “Dia dos Pais” surgiu na Babilônia, há mais de 4 mil anos, quando o jovem Elmesu fez um cartão de argila para o seu pai, desejando-lhe sorte, saúde e longa vida.

Relatos mais recentes dão conta de que em 1909, nos Estados Unidos, Sonora Louise Smart criou o “Dia dos Pais” em admiração ao seu pai: William Jackson Smart – escolhendo a data do seu aniversário: 19 de junho. E em 1972, o presidente Richard Nixon oficializou o “Dia dos Pais” no País.

Já no Brasil, ainda segundo relatos, o publicitário e jornalista Sylvio Bhering propôs, em 1953, que fosse celebrado o primeiro “Dia dos Pais” no País. Na tentativa de atrair comerciantes para publicarem anúncios no jornal em que trabalhava, Bhering difundiu a data, que rapidamente se tornou popular.

Inicialmente, o dia escolhido foi 16 de agosto por ser dia de São Joaquim – santo que, segundo a tradição católica, é o pai da Virgem Maria e, portanto, avô de Jesus Cristo. Mas, para que a data pudesse ser comemorada aos fins de semana, quando os pais costumam estar em casa e podem aproveitar o dia com os seus filhos, a data foi modificada para o segundo domingo do mês.

Que além de gravatas, meias, relógios, livros e vale-presentes, os pais possam desfrutar da alegria de ter os filhos ao redor, no domingo e sempre. Feliz “Dia dos Pais”!

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste