Educadores da Rede Municipal de Ensino participam do “II Encontro com a prática da Pedagogia Waldorf”

A segunda edição do “Encontro Municipal com a prática da Pedagogia Waldorf” aconteceu no último sábado (11), na Faculdade Anhanguera, em Pindamonhangaba. Os 145 professores presentes participaram no período da manhã da palestra: “As séries iniciais sob a luz da Pedagogia Waldorf”; e, à tarde, puderam participar de duas das quatro oficinas oferecidas, sendo: “Matemática: movimento ritmo e cálculo”, com Ana Cecília Padilha; e “A terra, o tempo e o trabalho: conectando a criança ao outro e ao mundo através das ciências humanas”, com Gabriela Jahnel; “Língua Portuguesa: Alfabetização por imagem, do movimento à escrita”, com Gláucia Santos; e “Observação da natureza: abordagem poética como caminho de iniciação às ciências”, com Christiane Fada Bois. As oficinas proporcionam reflexões sobre o desenvolvimento da criança compreendida por setênios (a cada sete anos) através de diálogos e vivências.

“Em nosso segundo encontro pudemos aprofundar algumas boas práticas da Pedagogia Waldorf, um modo muito mais sensível de se perceber a educação e mobilizar alunos e professores. Nosso objetivo tem sido apresentar aos professores e às professoras da Rede Municipal um leque mais amplo de abordagens, estratégias e metodologias para que se sintam mais confiantes em sala de aula!”

Professor Júlio Valle – secretário de Educação e Cultura

A Secretaria de Educação e Cultura, por reconhecer a formação continuada como uma importante ferramenta que impacta na qualidade de ensino, promove frequentemente cursos, palestras cujas temáticas subsidiem o desenvolvimento pessoal e profissional do professor e da professora da sua rede e da região, pois os ciclos formativos realizados aos sábados conseguem absorver em suas vagas remanescentes professores das redes pública e privada do município e fora dele.
Para a professora Valdira Morgado, do Cmei “José Ildefonso Machado”, a formação oferecida proporcionou o enriquecimento dos conhecimentos, pois “as artes são elemento central, permitindo que os alunos desenvolvam a sua criatividade e sua identidade sem fronteira.”
Já a professora Josiane Rodrigues Pereira Ribeiro, do 1º ano B, da Escola Municipal “Professora Rachel de Aguiar Loberto, disse ter gostado muito da Pedagogia Waldorf. “É fascinante poder proporcionar às crianças muito mais que conhecimento, mas despertar nelas a imaginação, a criatividade e a liberdade de se expressar através do movimento”.

  • Conteúdo oferecido enriqueceu o conhecimento dos educadores, que atuarão, buscando cada vez mais, desenvolver a criatividade e a identidade dos seus alunos
  • A próxima formação está prevista para acontecer no dia 22 de setembro e abordará a temática “Educação Especial”.
  • As oficinas e atividades ficaram por conta das docentes: Ana Cecília Padilha; Gabriela Jahnel; Gláucia Santos; e Christiane Fada Bois
  • Cerca de 150 professores participaram das atividades durante a manhã e a tarde do sábado (11)
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste