Escritor de Pinda faz sessão de autógrafos na Flip e Bienal de SP

O artista, contador de histórias, arte-educador, diretor e professor de teatro Victor Narezi, de Pindamonhangaba, está iniciando uma nova e já bem sucedida carreira como autor de livros infantis. Seu primeiro livro, “A Menina que Gostava de Chapéus”, lançado no final de 2017, o qual assina como “Tio Victor”, é sucesso junto ao público infantil.
A publicação é da Editora Cachecol e está alçando voos cada vez mais altos. Neste ano, autor e obra participam de dois eventos renomados de literatura: a Flip – Feira Literária Internacional de Paraty – e a 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo.
“Foi muito gratificante ter meu primeiro livro infantil exposto na Flip 2018. Além da divulgação de meu trabalho, algo muito emocionante foi o retorno que tive de amigos e leitores. E prestigiar o clima cultural e literário daquele evento sempre é revigorante”, afirmou Victor Narezi.
A convite da editora Futurama, o livro foi apresentado na Flip, de 25 a 29 de julho e agora, dias 11 e 12 de agosto, o Tio Victor fará uma sessão de autógrafos na Rua H93 da Bienal de São Paulo, sendo dia 11, das 10 às 11 horas, e dia 12, das 14 às 15 horas.
“Agora, estou na expectativa da Bienal do Livro, com certeza outro momento marcante para meu trajeto. Lá serão duas sessões de autógrafos e, mais uma vez, espero ver os amigos por perto. Levar minha obra para outros lugares me dá a possibilidade de alcançar novos leitores e essa é a satisfação do escritor!”, concluiu o autor.

  • Victor Narezi divulgou seu primeiro livro, “A Menina que Gostava de Chapéus”
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste