Estado de São Paulo homenageia policiais

O Governo do Estado de São Paulo homenageou, na terça-feira (9), 20 integrantes das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica com o certificado Policial Nota 10.
Outro destaque da solenidade foi o reconhecimento da atuação das três polícias do Estado no episódio do ataque à Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, no dia 13 de março, e na ocorrência em que o trabalho integrado impediu o assalto a duas agências bancárias na cidade de Guararema no dia 4. Ao todo, 150 profissionais foram homenageados.
Nesta terceira edição da homenagem, foram destacadas ocorrências que envolveram policiamento ostensivo, inteligência policial por meio de investigações e também canais de denúncia, bem como o trabalho de policiais científicos, levando em consideração os anos que estão contribuindo com a instituição.

Polícia Militar

O capitão PM Mário Augusto Ferreira de Freitas, o 1° tenente PM Roberto Menegário Sobrinho e o cabo PM Adriano Ricardo Camolêz foram alguns dos policiais militares homenageados. O reconhecimento se deve pelo fato de terem evitado que um homem armado tirasse a própria vida dentro da catedral de Ribeirão Preto, no dia 21 de março. Na ocasião, um dos PMs ajoelhou-se no altar da igreja para acalmar o rapaz que tentaria suicídio.

Polícia Civil

O delegado Geovani Sesti Moschini, o Investigador Diego Dias Vidal da Cruz e o Escrivão Rodney Pereira de Oliveira, integrantes do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), foram homenageados pela apreensão de 1,2 tonelada de maconha e a prisão de três pessoas no bairro de Perus, zona Norte da capital, no dia 13 de março. O veículo havia sido carregado no Chile. O trio foi preso em flagrante e indiciado por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Ataques à escola em Suzano e a agências bancárias em Guararema

Na solenidade, 76 profissionais da Segurança Pública que atuaram no caso do atentado à escola Raul Brasil, em Suzano, foram homenageados. Do total, foram agraciados 14 policiais militares, 32 civis e 30 técnico-científicos.
Além disso, outros 74 policiais (31 militares, 41 civis e dois técnico-científicos) foram homenageados por terem impedido o assalto em agências bancárias, localizadas na cidade de Guararema. Foram apreendidos oito fuzis, quatro pistolas, duas calibre 12, explosivos e coletes balísticos. Até o momento, seis pessoas foram presas.

  • Integrantes das polícias são reconhecidos por atuação em ocorrências de destaque, inclusive no ataque à escola de Suzano e a bancos em Guararema
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste