Estrada de Ferro Campos do Jordão oferece opção de turismo

Colaborou com o texto: Dayane Gomes
***
A Estrada de Ferro Campos do Jordão (EFCJ) foi inaugurada em 1914, entre outros propósitos, como via de acesso aos sanatórios localizados em Campos do Jordão para contribuir na recuperação das vítimas de doenças pulmonares. Hoje em dia, no século XXI, a ferrovia contempla um meio de transporte “vintage” que concede oportunidades de passeios turísticos pela serra da Mantiqueira.
Em Pindamonhangaba, o destaque das viagens oferecidas pela EFCJ é o trem turístico que sai da estação central e leva os passageiros até o Piracuama, um bairro da zona rural da cidade vale-paraibana. Sem paradas intermediárias, o percurso de ida e volta dura aproximadamente duas horas.
O Trem Turístico Piracuama se locomove aos sábados, às 13h30, e aos domingos, às 10 e às 14 horas. Sendo que o ingresso do trajeto Pinda/Piracuama/Pinda custa R$ 13. A outra atração que complementa a alternativa de excursões de lazer em Pinda é o Parque Reino das Águas Claras, localizado às margens do rio Piracuama, no km 17 da via férrea.
Construído em 1972, o parque foi decorado com figuras em cerâmica dos personagens da obra literária de Monteiro Lobato, o maior escritor brasileiro de literatura infantil, nascido na cidade em Taubaté. O ambiente possui uma área verde de mais de 21 mil m² direcionada a atividades ao ar livre, como a realização de piqueniques. O Parque Reino das Águas Claras está aberto de segunda-feira a sábado, das 8h30 às 17 horas, e o valor da entrada é de R$ 10.
Em todas as atrações, crianças menores de cinco anos de idade não pagam ingresso. Entretanto, elas precisam ser transportadas no colo nos trens.

  • O Trem Turístico Piracuama sai da estação central e vai até o bairro rural da cidade
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste