Evento na praça abre “Campanha de Conscientização contra Violência ao Idoso”

A praça Monsenhor Marcondes recebeu, no sábado (9), o evento de abertura da “VII Campanha Municipal de Enfrentamento à Violência Contra o Idoso”. Grupos de idosos se apresentaram com coral e dança, além de poesia.
A secretária de Saúde da Prefeitura, Valéria dos Santos, abriu oficialmente a campanha, levando sua palavra de incentivo para que as pessoas denunciem caso saibam de maus tratos contra os idosos. O coral da Fundação José Carlos da Rocha realizou uma apresentação, com músicas como ‘Luar do Sertão’, agradando ao público; seguido da equipe de coreografia da melhor idade, com atletas da Semelp, colocando todo mundo para dançar. A poetisa Dona Mariana encerrou as apresentações emocionando a todos com sua declamação.
Durante o evento, também foi alertado sobre a importância dos centros de convivência de idosos, que são locais de referência para as pessoas da terceira idade, que muitas vezes já não contam com a presença de familiares e amigos. É uma oportunidade de criar novos amigos, de sua faixa etária, e um incentivo a continuar a viver com alegria.
Além da coreografia, a Semelp também esteve presente com os jogos de tabuleiro, chamando a atenção e atraindo muitas pessoas para uma partida de damas, dominó ou xadrez.
Segundo informações do Conselho Municipal do Idoso, as ações irão percorrer diversas regiões da cidade através dos Cras, com o objetivo principal de conscientizar o próprio idoso de seus direitos, além de chamar atenção do poder público e da população em geral.

Programação
As atividades acontecerão ao longo do mês de junho. Na segunda-feira (11), às 9 horas, será no Cras de Moreira César; dia 19 (terça-feira), no Cras do Castolira recebe às 9 horas e no Cras no centro, às 13 horas. No dia 27, no Cras do Araretama, às 8h30.
Em todos os pontos, haverá a exibição de um vídeo institucional e apresentação de dança, além de contar com a presença de conselheiros que irão orientar e esclarecer as principais dúvidas sobre o Estatuto do Idoso, e seus direitos a saúde, transporte e justiça.

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste