Registro Cultural : Juventrova 2019: atenção na hora de enviar

Por Altair Fernandes Carvalho

Como coordenador do Juventrova, concurso estudantil da modalidade poética trova destinado a estudantes dos cursos Fundamental (a partir do 6º ano) e Médio das escolas das redes pública e particular, o autor desta coluna solicita aos professores das escolas participantes que orientem seus alunos caso a opção seja o envio das trovas individualmente por e-mail. Eles devem se atentar para a parte do regulamento que diz:

“Os trabalhos devem conter os seguintes dados (obrigatórios e sob pena de eliminação por não cumprimento): nome e sobrenome do aluno autor da trova (embaixo da trova), escola, série, nome completo do professor e (se tiver) e-mail da escola para que seja agilizada a remessa do resultado do concurso. Os trabalhos enviados sem a observância aos dados mencionados não poderão concorrer.”

Peço que evitem o envio de trovas individualmente. Reunam, no mínimo, as trovas de 20 participantes por envio. Isso ainda não está no regulamento, é apenas um pedido.
Local para o envio: jornal Tribuna do Norte: Praça Barão do Rio Branco, 25 – centro – CEP 12400-280 – A/C de Altair Fernandes ou para o e-mail altairfernandescarvalho@gmail.com.
O Juventrova (este ano em sua 25ª edição), é uma realização da UBT – Pindamonhangaba (União Brasileira de Trovadores) com a participação da Prefeitura Municipal (Secretaria de Educação e Cultura/Departamento de Educação e Cultura/Biblioteca Vereador Rômulo Campos D’Arace) e Fundação Dr. João Romeiro – Jornal Tribuna do Norte.

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste