Editorial : Merecido reconhecimento

É de suma importância que um setor de saúde cumpra seu papel e ampare os pacientes. Agora, quando além dos bons resultados, os profissionais recebem prêmios por esse mérito, trazendo visibilidade para o município, é gratificante.

Claro, muitos podem dizer que eles “não fazem mais que obrigação”. De fato, eles cumprem com suas obrigações. Contudo, quando se trata de saúde, principalmente de saúde pública, sabemos das dificuldades que envolvem cada tratamento. São dores; insegurança; resistência; desânimo; às vezes, falta de recursos humanos, de insumos e de conhecimento; além de discriminação e tabus, entre tantos outros fatores que dificultam o processo curativo de doenças como a tuberculose, por exemplo.

Mesmo assim, o setor de Infectologia da Secretaria de Saúde e Assistência Social de Pindamonhangaba recebeu, em setembro deste ano, pela nona vez, reconhecimento no prêmio “Qualidade nas ações de controle da tuberculose”, em virtude dos resultados obtidos na cidade referente à taxa de cura no tratamento de tuberculose.

Esta é a maior prova de que é possível fazer sempre mais e melhor pela população. E que técnica, informação, empenho, humanização e respeito ao paciente é fundamental para a cura e para existência de tratamentos de qualidade.

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste