Novo serviço móvel de urgência de Pinda trará mais eficiência e economia

Samup custará aproximadamente a metade do valor do CISAMU, atendendo o município com exclusividade

A Prefeitura de Pindamonhangaba começará a operar, em julho, um novo formato de Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). O modelo será de forma mista com operações realizadas em conjunto pela prefeitura e uma empresa contratada, e com a regulação em parceria com a cidade de Guaratinguetá.
O sistema irá se chamar Samup (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Pindamonhangaba), pois atenderá exclusivamente pacientes da cidade. Serão três ambulâncias já credenciadas com o Ministério da Saúde, duas básicas e uma avançada. Além destas ambulâncias e toda a equipe de atendimento que servirá apenas a cidade de Pindamonhangaba, as operações serão integradas com o serviço de resgate do Corpo de Bombeiros.
Para o prefeito de Pindamonhangaba, Isael Domingues, esta integração é fundamental para melhor atendimento de urgência. “Com nossas três ambulâncias do Samu integradas e mais a ambulância dos bombeiros, a gestão da operação será muito mais eficiente”, avalia.
De acordo com informações da Prefeitura, o valor total das operações, incluindo toda a central de regulação interligada à rede será de R$ 236 mil mensais – o que corresponde a 59,7% do contrato realizado no ano passado. O convênio antigo com o consórcio Cisamu, presidido por Taubaté, custava R$ 395 mil mensais.
“Este novo modelo, com o mesmo número de médicos, enfermeiros e ambulâncias vai gerar uma economia de quase 2 milhões de reais por ano, que poderão ser aplicados em outros setores da saúde”, explica o prefeito Isael.
Todo o serviço do Samup seguirá as exigências do Ministério da Saúde. A central de regulação feita em parceria com a Prefeitura de Guaratinguetá já faz parte do sistema do ministério. Isto possibilitará ao serviço de Pinda receber todos os benefícios de pertencer à rede.
O prefeito ressalta também que, com o consórcio antigo “as ambulâncias que pertencem a Pinda faziam resgate em vários municípios. A avançada, por exemplo, fez mais viagens até o Hospital Regional em Taubaté para atender a população de Campos do Jordão do que aos próprios pacientes de Pinda. Agora, com o Samup, o atendimento será exclusivo para nossos munícipes”.

  • Prefeito de Guaratinguetá Marcos Soliva, prefeito de Pindamonhangaba Isael Domingues, presidente do Fundo Social Cláudia Domingues, secretária de Saúde de Pindamonhangaba, Valéria dos Santos, e secretária de Saúde de Guaratinguetá, Maristela Macedo
banner_acessoainformacoes
banner_portaldatransparencia
banner-prefeitura
banner-fundacao
banner-anuncie-aqui
banner-facebook
Desenvolvido por CMC Multimídia
Font Resize
Modo Contraste