Pinda tem locais corretos para descarte de lixo eletrônico, pneus e resíduos da construção civil

A população de Pindamonhangaba conta com locais corretos para o descarte de diversos tipos de lixo e resíduos, que não são o lixo residencial convencional – recolhido nas casas pela Coletora Pioneira.
Pneus devem ser direcionados ao antigo prédio da administração da Regional Leste, que fica dentro do Parque da Cidade, sob gestão e responsabilidade da Secretaria de Habitação, Meio Ambiente e Regularização Fundiária.
Entulhos da construção civil são os provenientes de construções, reformas, reparos e demolições de obras de construção civil, e os resultantes da preparação e da escavação de terrenos (tijolos, blocos cerâmicos, concreto em geral, solos, rochas, metais, resinas, colas, tintas, madeiras e compensados, forros, argamassa, gesso, telhas, pavimento asfáltico, vidros, plásticos, tubulações, fiação elétrica etc.), comumente chamados de entulhos de obras, caliça ou metralha. O material deve ser direcionado para o aterro de inertes que fica na rod. Francisco Alves Monteiro s/n, no Araretama.
Lixos eletrônicos devem ser encaminhados para as cooperativas de reciclagem. Atualmente, a cidade conta com duas cooperativas: Moreira César Recicla (avenida Doutor Lloyd Figueiredo Pereira da Rocha, 2-54 – em frente ao centro comunitário do Cícero Prado), com funcionamento das 7 às 11e das 13 às 17 horas de segunda a sexta-feira; das 7 às 11 horas aos sábados; e Reciclavida (Rua Ponciano Pereira, 227, Jardim Eloyna), com funcionamento das 7 às 16 horas, de segunda-feira a sábado.

Situações irregulares receberão autuação

De acordo com a Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura, o depósito de resíduos em locais inadequados será passível de autuação. Um exemplo ocorreu no dia 20 de julho, quando, por meio da Secretaria de Administração, uma empresa que estava jogando resíduos da construção de civil em terreno na rua Alexandre Muassab, no bairro Crispim, foi autuada em flagrante.
Há tempos, a Secretaria de Serviços vinha recebendo reclamações dos moradores do local em função da grande quantidade de resíduos diversos sendo depositado e do grande número de animais vetores de doenças atraídos, como ratos e baratas. O caso gerou boletim de ocorrência e o infrator enquadrado na lei de crimes ambientais. O proprietário da obra e o dono do terreno serão também notificados.

  • Terreno autuado no bairro Crispim
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste