Praça Monsenhor Marcondes recebe “A Arte da Inclusão”

A Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Pindamonhangaba realizou na última segunda-feira (27), uma intervenção na praça Monsenhor Marcondes.
A ação teve por objetivo mostrar à população a importância da inclusão social da Pessoa com Deficiência, por meio do projeto “A Arte da Inclusão” – iniciativa que tem como proposta principal apresentar como os assistidos pela Apae são incluídos em atividades que exploram suas potencialidades através da arte.
Como forma de conscientização da população a respeito da rotina da pessoa com deficiência, a equipe multidisciplinar – composta pelos profissionais: Gabriela Zola (terapeuta ocupacional); Paulo Neto (fisioterapeuta) e Kelly keiko (psicóloga) –, levou para a praça atividades da vida diária dos atendidos; buscando com isso informar, conscientizar e alertar a população sobre a vivência com pessoas com alguma limitação.
Houve momentos em que as pessoas que passavam pela praça puderam “se colocar no lugar do outro” fazendo ações de pessoas com deficiência para que eles pudessem ter consciência de como é o dia a dia da pessoa deficiente. A proposta foi gerar reflexão, pois, “a partir do momento que conhecemos as limitações do outro, criamos empatia, e é só desta maneira que respeitamos as diferenças e valorizamos os profissionais que trabalham pela inclusão”.

  • Evento também comemorou a “Semana Nacional da Pessoa com Deficiência”
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste