Projeto social impulsiona carreira musical dos alunos

Ainda vista majoritariamente como um hobby, a música pode ser uma possibilidade de carreira para muitos jovens. De acordo com pesquisa realizada pelo Projeto Guri, 36% dos ex-alunos que responderam ao questionário estudam para ser músicos profissionais ou já estão no setor.
Exemplo disso é Marcos Santos, 29 anos, que nasceu em Bauru, no interior de São Paulo, onde começou a estudar trompete aos7 anos e atualmente mora em Memphis, nos Estados Unidos, onde trabalha como violinista na IRIS Orchestra e Memphis Symphony Orchestra.
Quando começou a atuar como educador no Projeto Guri, aos 18 anos, não imaginava que a música o tornaria mestre e doutor. “Posso dizer que sou extremamente feliz na minha carreira. Viajei e ainda viajo, conheci e conheço pessoas e lugares incríveis. Não há preço que pague essa realização profissional: ser reconhecido pelo que faço”, conta Marcos, que ainda disse sempre ter contado com o apoio da família.
O violinista participou de vários concursos e conseguiu bolsas de estudos, o que impulsionou a carreira. Desde então, já se apresentou com grandes músicos. Recentemente, apresentou o “Concerto para dois Violinos em Ré Menor”, de Bach com a IRIS Orchestra e Joshua Bell. Além disso, participou de concursos aqui e nos EUA, enquanto estava na universidade do Alabama.
No Brasil, as possibilidades de emprego formal na área ainda são limitadas, mas estão crescendo. De acordo com o Sindicato dos Músicos, dentre os filiados do Estado de São Paulo apenas 650 têm carteira assinada. O Projeto Guri, contudo, além de um grande formador de músicos é também um grande empregador. Seus quadros atuais possuem 870 educadores musicais registrados conforme a CLT, trabalhando nos mais de 380 polos de ensino.
O Projeto Guri conta com polos em Pindamonhangaba. Interessados em seguir carreira musical no Projeto Guri podem consultar as oportunidades abertas em http://www.projetoguri.org.br/trabalhe-conosco/.

  • O Projeto Guri é o maior programa sociocultural do País, mantido pela Secretaria de Cultura do Estado e conta com dois polos em Pindamonhangaba
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste