Seleção Brasileira de basquete se despede de Pinda com duas vitórias

Colaborou com o texto: Víctor Belmonte
***
Foram apenas 10 dias na cidade. Dias de treinos pesados e de muito aprendizado para os 19 jogadores da Seleção Brasileira Masculina de Basquete. Alguns tiveram a sua primeira experiência na seleção, e puderam desfrutar da experiência de companheiros mais velhos.
O Brasil fez dois amistosos contra a carismática seleção de Camarões, em dois dias seguidos: terça (15) e quarta-feira (16). A equipe brasileira saiu vencedora nos dois jogos, encontrando mais facilidade no primeiro.
Nos amistosos o ginásio ficou completamente lotado. Torcedores pindamonhangabenses foi a maioria, mas tinha pessoas de várias cidades da região e até de Paraisópolis (Minas Gerais).
No primeiro jogo o treinador César Guidetti optou por usar seus jogadores mais experientes, com mais rodagens em campeonatos nacionais e pela seleção, relacionando 12 jogadores para o confronto e dando oportunidade para todos eles. O inicio da partida foi equilibrado, mas aos poucos o Brasil ajustou a defesa, manteve o rendimento no ataque e venceu de 92 a 72. Com destaque para Lucas Dias, do Paulistano, com 20 pontos.
Na segunda partida, optou por jogadores mais novos e ágeis. O confronto foi muito pegado, com jogadas duras e muitas faltas. No primeiro tempo, a Seleção Brasileira não acertou sequer uma bola de três pontos e deu ao adversário 16 pontos de lance livre. O primeiro tempo empatado em 27 pontos.
Já no segundo tempo o jogo fluiu melhor, as duas seleções jogaram mais soltas, mas ainda continuou com muito contato físico. Justamente no contato físico Lucas Mariano se destacou, o pivô de 2,07 metros de altura anotou 26 pontos, colaborando com o placar final de 70 a 62 para os brasileiros.
“Foram dias ótimos, onde tentamos aproveitar ao máximo o que o treinador passou, com uma bagagem tática muito ampla e um espaço curto de tempo, uma semana apenas. Foram dois jogos excelentes, onde fomos vitoriosos e saímos satisfeitos, e esperamos fazer um complemento melhor na Argentina”, disse o experiente armador da Seleção Brasileira, Fúlvio.
Uma grande surpresa foi o incentivo da arquibancada para os camaroneses. No início do jogo alguns torcedores torciam para os estrangeiros, no decorrer da partida o número de apoiadores ao time foi aumentando, com gritos de “go Cameroun” e “defense, defense”.
“Eu amo o Brasil, aqui todo mundo é feliz”, disse Franck , camisa 14 de Camarões. O técnico da seleção camaronesa, Jean Caude, avaliou positivamente a torcida e o jogo: “É um time muito bom, o brasileiro, há muita pressão pelo basquete africano, mas temos um time bom, eu gosto deles. É um sentimento muito bom o apoio da torcida, é um ambiente ótimo”.
O time brasileiro parte para Argentina nesta sexta feira, para a disputa de um torneio amistoso em Salta. O técnico César Guidetti, cortou sete jogadores para a disputa do torneio e da Copa América na Colômbia.
A equipe camaronesa fará a preparação para a Copa da África em Pindamonhangaba, realizando seus treinamentos no Ginásio do ‘João do Pulo’ até o dia 4 de setembro. A ideia é que haja algum amistoso próximo à data de embarque para a África.

  • Saída de bola (à esquerda). Momento da execução do Hino de Camarões (à direita )
banner_acessoainformacoes
banner_portaldatransparencia
banner-prefeitura
banner-fundacao
banner-anuncie-aqui
banner-facebook
Desenvolvido por CMC Multimídia