Registro Cultural : A artista Judith Ribeiro de Carvalho

Por Altair Fernandes Carvalho

Com o tema “Paz”, teve início no sábado (1º/12) e, segundo a expositora, deverá ficar aberta ao público até o final do mês de janeiro, no Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina, a exposição de artes da artista plástica e poetisa Judith Ribeiro de Carvalho. A autora tem como marchand sua irmã, Vera Helena.
Artista de renome internacional, esta colega de APL-Academia Pindamonhangabense de Letras, recebeu seu primeiro prêmio na área artística aos 9 anos de idade, o Prêmio Infantil União-Cultural Brasil/Estados Unidos. Aos 26, deu início ao estudo de artes com o artista plástico espanhol Francese Domingo. Depois, com Herr Blaich, aperfeiçoou-se em Pedagogia Waldorf; e estudou com o artista plástico italiano Luigi Zanotto na Faap (Fundação Armando Álvares).
A partir daí seu nome começou a ser divulgado como artista premiada, conquistando inúmeros prêmios e menções em salões e em exposições nacionais e internacionais. No Brasil, suas obras foram apreciadas no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo; na Pinacoteca do Estado de São Paulo; na Câmara dos Deputados, em Brasília; no Club Méditerranée, em Itaparica-BA, e em outros espaços dedicados a exposição da arte. No exterior, já expôs nos Estados Unidos, França, Itália, Bélgica e China.
A pintura e a poesia de Judith podem ser encontradas em grandes publicações: Consigli Utili Per Il Collezionista, Edizione Lombardia Arte Itália; Dizionario degli Artisti Contemporanei, da Accademia del Artie del Lavoro, Itália; Les Editions Arts e Images du Monde, Paris; Catálogo Brasileiro das Artes Plásticas, São Paulo; Guia dos Artistas Plásticos de São Paulo; Antologia Poética 1999 – Ubatuba-SP; Antologia Poética 2000, Porto Alegre; Concurso Literário “Crônicas. Cartas e Trovas- 2011”, Editora Guermanisse – RJ.
Além dos livros publicados, “Terra Ar Fogo e Mar; Genética e Arte e República Brasileira da Mantiqueira, Judith participa com suas ilustrações nas obras seguintes: “Livro de Interpretação Astrológica, de Hélio amorim e “O Gatinho que veio de Vênus” – Literatura Infanto Juvenil, de Dinah Nascimento.
Judith Ribeiro de Carvalho é nascida em São Paulo capital onde passou sua infância convivendo com pinturas, esculturas e a poesia e com o avô, Renato Alves Guimarães, que era crítico de arte. Em Pindamonhangaba, onde residem seus familiares e também seestabeleceu, é atuante membro da APL, ocupa a cadeira nº 4T, que tem como patrono Antonio Moreira Cesar.
Sobre a sua arte de produzir a arte, a autora revela: “Sou levada por sentimentos, procuro inconscientemente não pensar em resultados nem avaliações prematuras. Portanto, é extremamente relaxante, não vejo as horas passarem, não tenho fome, não tenho sono, não tenho sede. Só tenho paz…”.
“A cor é aplicada de acordo com a emoção, com mais ou menos intensidade… A energia da forma que sugere velocidade é inerente ao meu modo de ser… O tema é solucionado no mesmo tempo… sou imediatista por natureza… Os detalhes deixo para depois…”, complementa.

  • Judith, uma artista plástica poetisa que pinta e canta a vida da Mantiqueira
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste