Editorial : Acertando as contas com o “Leão”

Na edição desta quarta-feira (11), trazemos entre outros assuntos, uma matéria sobre a declaração de Imposto de Renda em 2018. O prazo final para a entrega é o dia 30 de abril. A expectativa da Receita é receber 28,8 milhões de declarações neste ano. Mas até o momento, somente cerca de 10 milhões de contribuintes entregaram as declarações, segundo informações da própria Receita Federal.

De acordo com o especialista em Administração Financeira, Jonas Comin de Campos, “o Imposto de Renda, como os demais impostos, é recolhido aos cofres do Governo Federal, que realiza o repasse aos demais entes federativos, assim é uma fonte importantíssima de recursos.”

Há novidades para a declaração deste ano, entre elas estão: a obrigação de indicar o CPF de dependentes que tenham a partir de oito anos de idade e a alternativa de inclusão de informações complementares nos campos de declaração de bens, como dados de registro de imóveis e Renavam de veículos.

Para quem ainda não declarou, o programa gerador pode ser baixado no site da Receita e, segundo o Portal Brasil, o contribuinte também pode prestar contas por meio de aplicativos em tablets e smartphones. Quem atrasar a entrega terá de pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74, e o máximo é de 20% do imposto devido. Fique atento!

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste