Camex zera tarifa de importação da vacina contra HPV e da tríplice bacteriana

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) zerou a alíquota do Imposto de Importação da vacina contra o HPV e da versão acelular da vacina tríplice bacteriana, a DTPa.

A decisão está em resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU) e vale por 180 dias.
Pela resolução, a redução é direcionada para uma cota de 3 milhões de doses da “vacina contra o Papilomavirus Humano 6, 11, 16, 18, (recombinante), apresentada em doses ou acondicionada para venda a retalho”, e para uma cota de 2,5 milhões de doses da “vacina contra a difteria, o tétano e a pertussis (acelular) – dTpa, apresentada em doses ou acondicionada para venda a retalho”.
A importação das duas vacinas era taxada a 2%.

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste