Cidade acolhe “Projeto Formação Continuada de Professores da Rede Pública”

Divididos em dois grupos, 80 educadores participam da ação de aperfeiçoamento

Colaborou com o texto: Dayane Gomes
***
Nesta semana, Pindamonhangaba recebe o “Projeto Formação Continuada de Professores da Rede Pública” do Instituto Esporte & Educação (IEE). Durante dois dias, das 8 às 17 horas, 80 profissionais da Educação dão extensão aos seus trabalhos de mestre com a capacitação divida em: “Educação, Movimento e Inclusão” e “Escola Ativa”.
O programa está no seu sexto ano e tem como missão formar professores e gestores na metodologia do esporte educacional, com o objetivo de qualificar e ampliar o acesso de crianças e jovens à atividade esportiva dentro e fora da escola. No município, a programação de 2018 teve início na quarta-feira (3) e segue nesta quinta-feira (4), na Casa Transitória Fabiano de Cristo, localizada no bairro Crispim.
No dia inicial de formação extensiva, o direcionamento da primeira turma, formado por 40 docentes e pedagogos da Rede Pública, foi o trabalho dos temas “Educação, Movimento e Inclusão”, que faz parte do conteúdo do ano II do projeto. “Nesse ano II de formação, a importância das estratégias é pensar em uma escola que promova o corpo como centro das aprendizagens. Falar de inclusão é promover uma educação de qualidade que atenda a diversidade humana no cenário educativo”, afirmou Natalia Santos, subcoordenadora do IEE. Já neste segundo dia de aperfeiçoamento, o outro grupo, de 40 gestores, entre diretores e coordenadores, exercitará a temática “Escola Ativa”.
A vinda do “Projeto Formação Continuada de Professores da Rede Pública” para Pinda tem como responsáveis Natalia Santos e Cibele Venâncio, do Instituto Esporte & Educação, e conta com o patrocínio da Novelis, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte/Governo Federal.

  • Neste ano, a iniciativa educacional atua em 12 cidades de cinco estados brasileiros
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste