COI amplia número de câmeras com o projeto “Pinda Inteligente”

Já está em operação o projeto “Pinda Inteligente”. O sistema permite que imagens particulares sejam fornecidas e monitoradas pelo COI (Centro de Operações Integradas), permitindo investigações e monitoramento mais efetivos da Polícia Militar e da Guarda Municipal.
Com o projeto, a prefeitura planeja monitorar por imagens diversos pontos da cidade. Hoje o COI já conta com 18 câmeras próprias e mais quatro câmeras particulares que já estão disponíveis para a central de monitoramento a partir do Pinda Inteligente. Já há câmeras interligadas ao COI em dois postos de gasolina na Avenida São João Bosco e mais duas câmeras na rua Deputado Claro César, no calçadão comercial e outra próximo a Acip (Associação Comercial e Industrial de Pindamonhangaba).
O sistema de interligação com as câmeras particulares recepciona e armazena imagens de câmeras privadas, no sistema de “nuvem”, que armazena os dados online através da internet, permitindo o acesso pelos órgãos de segurança oficiais.
O armazenamento será realizado por empresas credenciadas pela prefeitura e que atendam aos requisitos necessários. Estas empresas são responsáveis pela tecnologia, instalação e operação do serviço. O diretor da empresa Eye Live, que já foi credenciada, Heitor Macedo, explica que o sistema é bem simples. “Para aderir ao projeto não há necessidade de uma central de monitoramento interno. E além do monitoramento pelo COI, o sistema permite o acesso pelo próprio usuário em tempo real pela internet. Tudo com segurança e confidencialidade do proprietário e dos órgãos oficiais de segurança”, comenta Heitor Macedo.
Para o prefeito Isael Domingues, o projeto inovador na região atenderá o planejamento de monitorar todos os pontos estratégicos da cidade. “A parceria do poder público e a iniciativa privada é fundamental para atacarmos ainda mais o problema da violência. Comerciantes e moradores agora podem ter suas ruas e estabelecimentos monitorados e armazenados 24 horas pelo nosso COI. Isso é muito importante para as investigações. Vamos expandir isso para a cidade inteira”, explica o prefeito.
O projeto permite que a sociedade se una e divida os custos. Por exemplo, moradores e comerciantes podem instalar na rua a câmera e aderir ao projeto. “Neste sistema de cooperativa, de divisão de custos, imaginamos que em pouco tempo teremos boa parte da cidade monitorada. Pois quando se divide a instalação e a mensalidade do armazenamento em nuvem fica muito acessível para todos os moradores da cidade”, comenta Heitor Macedo.
Além de mais um investimento em segurança, o “Pinda Inteligente” está abrindo oportunidades de trabalho para instaladores de câmeras na cidade. A empresa responsável está cadastrando instaladores, para que a população possa escolher o profissional que melhor atenda a sua necessidade.
Apesar do problema de segurança ser uma das principais pautas da sociedade, Pindamonhangaba vem apresentado melhora nos índices oficiais de violência da Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo. Todos os índices de violência como homicídio, furtos e roubos apresentaram queda. “Sabemos que há aumento de casos divulgados nas redes sociais. Porém os números oficiais mostram melhora nos índices desde que criamos a Secretaria de segurança, em 2017. A queda dos índices é reflexo dos investimentos na volta da “Atividade Delegada” com o dobro de policiais, a aquisição da prefeitura de 25 novas viaturas para a PM e Guarda Municipal e a própria criação do COI. E agora, o “Pinda Inteligente” visa expandir nossa central por toda a cidade”, ressalta o prefeito.
Para aderir ao projeto os interessados podem obter mais informações pelo site https://www.eye-live.com/.

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste