Construindo Cidadania: Desvendando a Agenda 2030. ODS – Objetivo 11

Por Roberto Ravagnani

Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis

Até 2030, garantir o acesso de todos à habitação segura, adequada e a preço acessível, e aos serviços básicos e urbanizar as favelas (comunidades).
Coitado do Brasil, pois ainda os nossos governantes acham que serviços básicos como o esgoto, não trazem votos, pois ficam enterrados e, portanto, deixam de fazer investimento nesta área, assim como em muitas outras. A habitação (fundamental para dignidade humana), insistem em fazer verdadeiras arapucas, caras, com qualidade ruim e que demoram uma eternidade para serem construídas, mesmo o Brasil tendo várias experiências bem-sucedidas de construções viáveis e econômicas, continuam com o velho modelo, sem se preocupar com o conforto térmico, questões climáticas entre outros como a mobilidade.
E por falar em mobilidade, neste ODS, também está previsto até 2030, proporcionar o acesso a sistemas de transporte seguros, acessíveis, sustentáveis e a preço acessível para todos, melhorando a segurança rodoviária por meio da expansão dos transportes públicos, com especial atenção para as necessidades das pessoas em situação de vulnerabilidade, mulheres, crianças, pessoas com deficiência e idosos. Mais um mega desafio, continuamos a insistir em um sistema modal de pneus, enquanto o ideal seria sobre trilhos, pois nossa malha viária já está supersaturada.

Aumentar a urbanização inclusiva e sustentável, fortalecer esforços para proteger e salvaguardar o patrimônio cultural e natural do mundo, reduzir significativamente o número de mortes e o número de pessoas afetadas por catástrofes e substancialmente diminuir as perdas econômicas diretas causadas por elas em relação ao produto interno bruto, reduzir o impacto ambiental negativo per capita das cidades, inclusive prestando especial atenção à qualidade do ar, gestão de resíduos municipais e outros, assim como reduzir o Risco de desastres naturais nas comunidades.
Ufa, que desafios! Vão crescendo o numero dos ODS e vai aumentando o trabalho; e no Brasil, como lidaremos com isso tudo? Lembro que todos os 17 ODS são para todos os países associados a ONU.
No Brasil teremos, em primeiro lugar, que apreender o que são os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – e, como nós simples seres humanos, mortais e comuns, podemos interferir a favor ou contra estes ODS? Este é o maior desafio: a educação, ela tem papel fundamental, para elucidar esta ‘sopa de letras’ para nossos jovens, para os adultos, seremos nós, a mídia, teremos que informá-lo de alguma forma atrativa. A minha forma ainda não é a melhor, muitas letras, muito texto, mas sou péssimo desenhista, vou insistir e tentar que você possa entender estes assuntos tão densos, de forma leve. Temos que nos interessar voluntariamente no assunto para que possamos ajudar de alguma forma na sua realização. Acredite, somente com nosso empenho pessoal vamos conseguir até 2030 ter as metas atendidas. 2030 está logo ali, temos muito a fazer e temos que começar agora!

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste