Estado firma convênios que permitem que a polícia bloqueie celulares

O governador Geraldo Alckmin autorizou, na terça-feira (18), o início da operacionalização da parceria entre a Secretaria da Segurança Pública e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), firmada para facilitar e agilizar o processo de bloqueio de aparelhos celulares roubados, furtados e extraviados. A iniciativa foi acertada entre o governador e o presidente na Anatel, em reunião, no final de março.
A Polícia Civil terá acesso ao sistema de Cadastro de Estações Móveis Impedidas (Cemi), administrado pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom). O Cemi possibilita o bloqueio automático do aparelho com a inclusão do Imei (Identificação Internacional de Equipamento Móvel) em uma base de dados centralizada, na ocasião da lavratura do boletim de ocorrência.
O acordo também permitirá o bloqueio imediato de aparelhos não habilitados, furtados ou roubados de lojas e de caminhões cujos proprietários tenham na nota fiscal a indicação do Imei.
A medida irá aprimorar as investigações em todo o Estado de São Paulo, conferindo maior agilidade e eficiência à atuação policial, e desestimulará o roubo e o furto de aparelhos celulares, que se tornarão inúteis com o bloqueio do Imei.

  • Medida ampliará eficácia das investigações e dará agilidade às autuações
banner_acessoainformacoes
banner_portaldatransparencia
banner-prefeitura
banner-fundacao
banner-anuncie-aqui
banner-facebook
Desenvolvido por CMC Multimídia