Fibria premia ideias inovadoras de fornecedores no Vale do Paraíba

A Fibria, produtora de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, incentiva a inovação entre seus empregados e fornecedores por meio do “Programa i9”. A iniciativa estimula a criação de projetos inovadores, reconhece e premia profissionais que propõem ideias para melhorar os processos da empresa. No Vale do Paraíba, o “i9 Fornecedores” recebe até dezembro sugestões de empregados das empresas Emflora, Expresso Nepomuceno e SKF.
O “i9 Fornecedores” é exclusivo para os prestadores de serviços e é uma das três categorias do programa – há ainda o “i9 Livre” e o “i9 Foco”, ambos voltados aos empregados da Fibria e, também, estão em andamento neste ano. “Estamos na quarta edição do i9 Fornecedores, em um processo de aprendizado deste modelo aberto que envolve a cadeia de suprimentos. A gestão do programa está mais automatizada e a ideia é ampliar as possibilidades de inovação, abrindo as portas para ouvir sugestões de outros públicos. Temos muitos fornecedores, que podem trazer novos olhares sobre nossos processos”, afirma Leandro Andreatta, coordenador do Sistema de Gestão da Fibria.
Representantes das três empresas fornecedoras participaram de treinamentos sobre o i9 no mês de agosto e as sugestões podem ser inscritas até o dia 31 de dezembro. Todas elas serão analisadas pela área de Controladoria da Fibria e, por um comitê de inovações, em caso de aprovação, os profissionais responsáveis pela ideia receberão uma premiação em dinheiro.
Entre as ideias premiadas, em anos anteriores, no i9 Fornecedores, Leandro Andreatta, destaca as sugestões para melhoria da ergonomia no manuseio de equipamentos utilizados na operação florestal, entre outras ideias que geraram mais produtividade e qualidade de vida para os empregados.

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste