Nossa Terra Nossa Gente : Helena Gomes e o presente: Jardim da Biblioteca Vereador Rômulo Campos D’Arace

Por Juraci de Faria

*Escritora, poetisa e membro da APL – Academia Pindamonhangabense de Letras

No coração de Pindamonhangaba pulsa a Biblioteca Municipal Vereador Rômulo Campo D’Arace. Localizada entre as árvores centenárias do Bosque da Princesa, essa “casa de livros” guarda obras preciosas e raras e, sobretudo, mantém em circulação o conhecimento que elas detêm. Desde sua inauguração – em 1941, por todos os locais onde já esteve anteriormente instalada, nossa biblioteca tem contribuído para a formação leitora de várias gerações de crianças, jovens e adultos.
Além do extraordinário acervo que possui, seu espaço externo é um convite à introspecção, uma vez que o seu jardim – com mesas sob a sombra das árvores, o canto dos pássaros e o assovio das águas do Rio Paraíba – conecta-nos com a natureza e convida-nos à leitura e à reflexão.

Nos últimos tempos, esse jardim ganhou tons novos: algumas árvores foram podadas; as mesinhas em formato de livros estampam cores alegres; caminhos foram delineados com pedriscos e graminha amendoim; bromélias e orquídeas vieram habitar os troncos das árvores; o velho chafariz de cimento deu lugar a uma bela floreira…

Quem hoje visita o jardim da biblioteca encanta-se com a graciosa harmonia de tudo o que nele floresce – obra de um mutirão de voluntários, entre os quais destaco Helena Gomes, a mentora desse projeto de ação cidadã!

Na proposta de revitalização do jardim da biblioteca, ela buscou criar nesse espaço tão especial outras possibilidades de ações socioeducativas que pudessem sensibilizar o interesse da comunidade pela sustentabilidade do planeta.

Outros voluntários se dispuseram a ajudá-la e, toda manhã, lá estão eles, no jardim de Rômulo. Esta equipe dia a dia nos surpreende! Transformaram um cantinho de terra no fundo da biblioteca no “Jardim dos Escritores de Pindamonhangaba” – este minijardim com mesinhas e banquinhos é dedicado aos leitores mirins; no talude próximo à margem do rio está brotando um pomar, com árvores frutíferas de várias espécies que, em breve, concederão saborosos frutos!

Ao contemplar esse presente-jardim à Biblioteca Municipal Vereador Rômulo Campos D’Arace no ano em que esta “casa de livros” comemora 75 anos, parabenizo Helena Gomes e cada um de seus colaboradores; parabenizo Fátima Siqueira, Diretora de Bibliotecas, e cada um de seus funcionários; parabenizo Rômulo Campos D’Arace e todas as mãos invisíveis que cuidaram desse santuário de árvores, de flores, de pássaros e, até, de livros para que nossa terra e nossa gente ganhassem de presente um jardim tão belo quanto esse!

  • Mesinhas em formato de livros estampam cores, tornando o local mais convidativo à leitura
Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste