Saúde encerra “Novembro Azul” com mais de 400 homens atendidos

Colaborou com o texto: Bruna Silva
***
No último mês, a Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Saúde, realizou ações de prevenção para levar mais informações sobre o câncer de próstata aos homens da cidade. As ações aconteceram em diversos pontos do município, atenderam mais de 400 homens durante os dias de atuação.
De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de próstata é o tipo de câncer mais frequente em homens brasileiros, depois do câncer de pele. Embora seja uma doença comum, por medo ou desconhecimento, muitos homens preferem não conversar sobre esse assunto. Foi pensando neste ponto, que a Secretaria de Saúde levou ações de prevenção, para a sede da Guarda Municipal, a Fatec de Pindamonhangaba, o Recinto São Vito em Moreira César, e para o Departamento de Serviços Municipal. Durante a ação, os participantes contaram com aferição de pressão arterial, glicemia capilar, orientação nutricional e cálculos de IMC (Índice de Massa Corpórea), orientação e prevenção ao câncer de próstata e doenças sexualmente transmissíveis.
O câncer de próstata é um tumor que acomete homens, principalmente os que têm mais de 45 anos. Quando diagnosticado ainda na fase inicial, pode ser curado. Já em casos de estágio avançado, a possibilidade de que o paciente sobreviva é pequena. Por isso, o diagnóstico precoce é muito importante para o controle e cura da doença.
Segundo a Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba, na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são: dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar frequentemente e sangue na urina ou no sêmen. Há também os fatores de risco que aumentam as possibilidades de ter câncer de próstata, que são: histórico familiar, etnia (homens negros possuem maior incidência nesta doença) e obesidade.
Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, um em cada seis homens terá câncer de próstata ao longo da vida, e um em cada 36 homens morrerá em decorrência desta doença. Haverá também ações nas unidades de saúde dos bairros que também realizarão orientações de prevenção ao câncer, e mais informações podem ser obtidas nelas, durante todo o mês.

Desenvolvido por CMC Multimídia
Tamanho da fonte
Modo Contraste